Meio por acaso, ouvindo rádio na hora de ir para casa, escuto a notícia de que a Oficina de Música de Curitiba teria um show de encerramento com o grupo ‘América Contemporânea’. Por sorte, eu estava a poucos minutos de lá e fui conferir.

América Contemporânea é o encontro de nove músicos de cinco países da América do Sul e foi idealizado pelo pianista brasileiro Benjamim Taubkin, que diz que o projeto foi resultado de uma iniciativa que nasceu da inquietação com o isolamento do Brasil no continente.

O pianista diz que nós só temos informações impessoais desses países. “O Brasil não tem correspondentes na quase totalidade dos países da América do Sul. Tudo o que ficamos sabendo é por meio de agências internacionais, que geralmente só mostram o lado exótico e/ou caricato. Acontece que há uma vida intensa e diversa nestes locais. Tem uma música viva, criativa, sofisticada. Com tradição, sim, mas de olho no futuro”.

No show de ontem, em Curitiba, o grupo contou com a participação especial da argentina Mariana Baraj, que substituía a colombiana Lúcia Pulido (que aparece no vídeo acima).

O grupo também conta com o carismático rabequista Siba, do Mestre Ambrósio, que fez a plateia dançar.

Enfim, uma experiência agradabilíssima e altamente recomendada!




Veja também:

Latinoamérica: Um novo hino? A música já não é tão nova, mas o vídeo de Latinoamérica, do grupo porto-riquenho Calle 13, não poderia faltar por aqui. Que nos perdoem os partid...
Exposição resgata idiomas da América Latina em ris... Uma boa pedida para quem passar pelo Rio de Janeiro até o final de março é a mostra "O Papagaio de Humboldt". Instalação sonora de 15 artistas da Am...
Os primeiros americanos, por Eduardo Galeano Há algum tempo estamos para postar um vídeo do escritor uruguaio Eduardo Galeano, que conta com um acervo considerável na internet e que vale muito ...

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.