Colonia, UruguaiColonia del Sacramento, barrio histórico.

A maioria das pessoas que descem em Colônia, vindos de Buquebus de Buenos Aires, retornam no final do dia. A cidade é pequena e, seus visitantes mais apressados andam por ela, almoçam, tiram dezenas de fotos, compram lembranças e se vão. A cidade também é visitada por muitos imigrantes, que vivem em Buenos Aires e fazem esse passeio para retornar a Argentina com o visto renovado.

A cidade de Colonia del Sacramento, é a capital do departamento de Colônia, no Uruguai. As margens do Rio da Prata, a cidade foi fundada por portugueses em 1680. Justamente por isso, a cidade tem uma arquitetura distinta e muito bem conservada. Visitada por muitos turistas, foi declarada Patrimônio Cultural da Humanidade, pela UNESCO.

Para quem tem um tempo, vale à pena ficar um pouco mais na cidade. e passar pelo menos uma noite. O Barrio Histórico a noite é ainda mais bonito e seus bares e restaurantes adquirem um clima especial.

Uma boa opção para hospedagem em Colonia é o hostel El Viajero. Inaugurado em 2007, possui uma ótima localização e boas instalações. Para não associados ao Hostelling Internacional a diária sai a partir de US$ 18,00.

Depois de Colonia, 99% dos viajantes vão a Buenos Aires ou a capital Uruguaia, Montevidéu. Confira os posts sobre essas rotas aqui no blog:

Colonia/Montevideo
Buenos Aires/Colonia

Custos (2008):
Buenos Aires/Colonia: $ 63,00 = R$ 43,00 (Buquebus)
Hospedagem: US 18,00 (El Viajero)

Na Internet:
Colonia del Sacramento: www.colonia.gub.uy


Veja também:

Conhecendo o Equador Capital: Quito 22 províncias População: 13,2 milhões (2004) Idiomas: Castellano (oficial) e Quíchua Moeda: Dólar Eletricidade: 110 v Hora Ofic...
Pucón e o Vulcão Villarica, no Chile Vulcão Villarica, Pucón, Chile. Infelizmente, devido a morte recente de um brasileiro e um mexicano, o vulcão Villarica, no Chile, virou notícia e...
Encarnación e as reduções Jesuíticas de Trinidad d... Reduções Jesuíticas de Trinidad del Paraná. No sul do Paraguai, norte argentino e sul do Brasil, as ruínas das missões jesuíticas, consideradas Patri...

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.