Copacabana e a ilha do Sol, na Bolívia

Chegando no Lago Titicaca, Bolívia

A 155 km de La Paz, nas margens do lago Titicaca (o lago navegável mais alto do mundo, a 3.840m), se encontra a pequena cidade de Copacabana, com cerca de 15 mil habitantes.

O lago, que também faz fronteira com o Peru, já foi habitado por diversas culturas, como Chiripa, Wancarani, Tiahuanaco, Inca e Aymara, e nos permite conhecer, desde Copacabana, a famosa Ilha do Sol, onde se observa uma paisagem exuberante, com sítios arqueológicos dessas fascinantes culturas.

DE LA PAZ A COPACABANA:

A maioria das pessoas que chegam a Copacabana, na Bolívia, vem de La Paz. A viagem de ônibus dura cerca de 4 horas e custa Bs. 50,00* aproximadamente. Um pouco dessa demora é em razão de, no caminho, ter de parar para cruzar uma pequena parte do lago Titicaca, onde todos tem que descer do ônibus, e fazer o trajeto em balsa, que custa Bs. 1,50* e dura em torno de 10 minutos. Depois, volta-se ao ônibus e a viagem continua.

CHEGANDO EM COPACABANA:

Copacabana é uma cidade pequena e não possui terminal de ônibus. Dessa forma, os ônibus chegam e partem da praça Sucre.

A rua 6 de Agosto, que está ao lado da praça, é a que mais oferece hospedagem e restaurantes. Outra opção, um pouco mais cara, é seguir essa rua até a av. Costanera e ficar de frente para o lago. A vista é incomparável.

COMENDO:

Existem alguns cafés e restaurantes bastante bonitos e, outros, bem mais simples. Os melhores restaurantes estão na av. 6 de Agosto, onde se pode encontrar a famosa truta do lago Titicaca, com preços que variam de Bs. 15,00 a Bs. 60,00*, de acordo com o lugar e o tipo do prato. Vale a pena provar!

Barco no lago Titicaca, Bolívia

ILHA DO SOL:

Apesar de existirem outros pontos turísticos em Copacabana, a principal atração é a Ilha do Sol. É muito fácil comprar esse passeio, que se oferece quase em toda a cidade de Bs. 20,00 a Bs. 30,00* o transporte de ida e volta.

É um passeio barato, mas feito em barcos lentos e pouco confortáveis. Dura cerca de 2 horas até a parte sul da ilha e mais 40 a 50 minutos para ir a parte norte. Mas não precisa escolher que parte da ilha quer conhecer, o barco irá parar nas duas, tanto na ida quanto na volta.

Para cada parte da ilha também se cobra uma entrada de Bs. 10,00 (norte) e Bs. 5.00* (sul). No caminho que liga as duas partes da ilha, também existem alguns pontos que cobram pela passagem, saindo em torno de Bs. 15,00 todo o trecho.

Para quem desembarca na parte norte, terá algumas horas para caminhar e conhecer a região. Uma opção interessante, é fazer o trekking até a parte sul, onde o mesmo barco irá passar na parte da tarde.

Apesar de começar cedo e voltar no final da tarde, achei o dia um pouco corrido e cansativo. A sugestão, para quem deseja conhecer melhor a ilha, sem pressa, é que se hospede no local e volte no outro dia. Será menos cansativo e muito mais proveitoso.

Ruínas Incas e o lago Titicaca, na Ilha do Sol, Bolívia

CONSIDERAÇÕES FINAIS:

A cidade de Copacabana não tem nada de muito especial, deixando todo o prazer da viagem a Ilha do Sol. A vista do lago Titicaca é maravilhosa. Fato que não percebemos muito estando em Copacabana.

A volta de barco, lenta e desconfortável, ainda tem uma parada em uma ilha flutuante, onde se tem que pagar Bs. 1,00* para desembarcar. Mas não perca tempo. É tudo bem artificial, onde nenhuma família vive no local. Deixe para conhecer as ilhas flutuantes quando for a cidade de Puno, já no lado peruano e a poucas horas dali, onde se pode conhecer as verdadeiras ilhas flutuantes de los Uros. Mas isso já é assunto para outro post.

*RESUMO DE CUSTOS (maio 2011):

Passagem La Paz/Copacabana: Bs. 50,00
Balsa no lago Titicaca para chegar em Copacabana: Bs. 1,50
Truta: de Bs. 15,00 a Bs. 60,00 (de acordo com o local e o tipo do prato)
Barco a iha do Sol: de Bs. 20,00 a Bs. 30,00 (ida e volta)
Entrada na parte sul da ilha: Bs. 5,00
Entrada na parte norte da ilha: Bs. 10,00
Entrada na pequena ilha flutuante: Bs. 1,00




Veja também:

Ruínas de Tiahuanaco, na Bolívia A apenas 72 quilômetros de La Paz, o sítio arqueológico de Tiahuanaco, ou Tiwanaku, revela uma fascinante e misteriosa cultura pré-incaica. A import...
Puno e as ruínas de Sillustani Continuando nossa viagem pela incrível região do lago Titicaca, desde o lado boliviano, na cidade de Copacabana, até a cidade de Puno, no Peru, ou d...
Distâncias de El Chaltén, na Argentina Para quem pretende ir a El Chaltén, na Argentina, e está organizando uma viagem, nada melhor do que saber as distâncias até a cidade. El Chaltén ...
1 Comentário
  1. maravilhoso lá, me encanta!!!

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Projeto Latinoamérica

Newsletter:

Insira seu e-mail: