Estive lendo um pouco o guia da Publifolha sobre o Peru. A parte que fala sobre saúde dá até medo. Mas como não vamos a Amazônia peruana, nem em lugares tão remotos, acredito que não tenha tanto problema. Mesmo assim, a vacina contra febre amarela é obrigatória.

De resto, são cuidados que devemos ter em qualquer lugar, como tomar somente água mineral, cuidados com a insolação, problemas com a altitude e insetos.

Para o forte sol que faz no litoral, o uso de protetor solar é indispensável e recomenda-se que seja levados do Brasil, já que lá talvez esteja mais caro.

Já o mal da altitude é comum, em especial, quando se viaja do litoral para os Andes.

“A melhor maneira de evitá-los é fazer refeições leves, beber muito chá de coca e passar tanto tempo quanto possível adaptando-se às altitudes elevadas antes de realizar qualquer atividade árdua. Quem tiver dor de cabeça deverá sempre descansar; mais seriamente, a tosse súbita poderá ser indício de edema pulmonar e requerer e cuidados médicos imediatos — o mal da altitude pode matar.”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.