Puerto Varas, um belo destino no Chile

projeto-chile11-puerto-varas-600-

Vista de Puerto Varas, com o lago Llanquihué e o Vulcão Osorno

Quer fugir de Santiago? Ótimo! O sul é uma boa opção e Puerto Varas uma das mais interessantes.

Como já conhecia Pucón, dessa vez resolvi ir um pouco mais ao sul, em Puerto Varas, próximo a Puerto Montt. A passagem custa a partir de $ 13.300 (Pulmann Bus) e dura em torno de 12 horas (uma noite tranquila de sono).

Puerto Varas é uma cidade pequena, com pouco mais de 30 mil habitantes, e fica as margens do Lago Llanquihué, com uma bela vista dos vulcões Osorno e Calbuco. Ou melhor, da cidade se ‘pode’ ter uma bela vista dos vulcões, pois depende muito de pegar dias sem chuva ou nublados. Conheci gente que tinham pouco tempo e foram embora sem conseguir ver os vulcões, só por foto (eu tive que esperar dois dias).

Em uma visita rápida e com bom tempo, em três dias dá para conhecer a região. Sendo um para Frutillar e Puerto Octay, outro para Puerto Montt e o outro para Petrohué e o lago Todos los Santos, a meu ver, a melhor delas.

frutillar

Frutillar

Frutillar é simpática e fica a 40 minutos de Puerto Varas. Também fica as margens do Lago Llanquihué e não oferece muitas outras coisas que não se tenha em Puerto Varas.

Já Puerto Montt é mais agitada, com um comércio intenso e não tão bonita como as outras duas. Não fica as margens de um lago, mas do Oceano Pacífico. Eu peguei um dia de chuva e não pude conhecer muita coisa. Como Puerto Varas não tem muitas lojas, a não ser as de turistas, deu para aproveitar os Shoppings de Puerto Montt e comprar roupas para frio, já que eu estava congelando nesse dia.

Fui dormir sem esperanças de pegar um dia limpo e a previsão do tempo não dava boas notícias para o dia seguinte. Por sorte, acordei com um belo sol e com poucas nuvens, embora com um vento de matar. Aproveitei e fui a Petrohué.

Parque Nacional Vicente Pérez Rosales

Uma das belas vistas do Parque

Fui primeiro ao Parque Nacional Vicente Pérez Rosales ver os Saltos do Río Petrohué. Para chegar até aí, tem que pegar um ônibus ($ 2.000*) numa viagem que dura cerca de 1h. A entrada também é paga ($ 1.200*) e dentro se pode caminhar por vários caminhos as margens do rio, de onde se tem ótimas vistas.

Para completar o dia, um pouco mais adiante, está o lago Todos los Santos. São 6 km de distância e tem que pegar (e pagar) o ônibus outra vez. Alguém havia me dito que se poderia fazer esse caminho a pé e eu, ingênuo, decidi fazer isso. Foram quase uma hora de caminhada solitária em uma estrada de chão e sem nada por perto, a não ser árvores, rios e montanhas. Foi cansativo, mas lindo.

Foram os 6 km mais longos que já fiz, mas muito bem recompensados pelo magnífico destino. A vista do lago Todos los Santos é impressionante. De lá, se pode ver além dos vulcões Osorno (muito próximo) e Calbuco, o vulcão Pontiagudo. Existem muitos caminhos para trecking e um pouco mais adiante se pode ver também o vulcão Serro Tronador.

lago Todos los Santos

Auto-retrato as margens do lago Todos los Santos.

Barcos oferecem passeios pelo lago de $ 2.000* a $ 7.000*, dependendo do número de pessoas.

Voltei no final da tarde, com frio, cansado e com fome, mas extremamente satisfeito pelo dia. Fica o sonho de cruzar, um dia, esse lago até a Argentina, que não é muito barato. Um dia…

* Preços de setembro de 2009.




Veja também:

Distâncias entre cidades no Chile Para quem procura por distâncias entre cidades no Chile, oferecemos uma tabela com as principais localidades, de norte a sul. Ideal para quem preten...
Trekking em El Bolsón: Cajón del Azul e Retamal Depois do trekking ao Piltriquitron, e um dia de merecido descanso, partimos para outro desafio: uma longa caminhada passando pelos refúgios de Cajó...
De Córdoba a Mendoza, na Argentina Uma rota comum para quem viaja à Argentina é o trecho de Córdoba a Mendoza, ou vice-versa. Confira abaixo, como realizar essa viagem e as opções de ...
2 Comentários
  1. Nossa, Digo! Que lugares lindos!!!!! Cada vez que vejo seu blog tenho vontade de entrar numa viagem como essa!
    Saudadonas de vc!
    Aqui tá um frio de lascar!
    Beijos

  2. É, essa região é realmente linda. Agora o frio deu uma acalmada, embora ainda tenha um vento chato.
    Depois mando as fotos da região de Bariloche, que é outro lugar lindo.
    Saudades!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Projeto Latinoamérica

Newsletter:

Insira seu e-mail: