Cidade de Rosário, Argentina

Cidade de Rosário, Argentina viagens argentina Monumento a la Bandera. Rosário, Argentina.

Rosário é a terceira maior cidade argentina (fica atrás somente de Buenos Aires e Córdoba) e a principal cidade da província de Santa Fé.

A 300 km de Buenos Aires, Rosário é caminho para quem vai a Córdoba ou ao norte argentino, e passar pela cidade pode render bons passeios em seus lindos cafés, ao famoso Monumento a bandeira, ou mesmo um relaxado passeio as margens do rio Paraná.

Uma cidade com muita cultura e boa gastronomia, Rosário ainda conta com a fama de ter as mulheres mais bonitas da Argentina. Se interessou? Veja como chegar até lá.


Terra de Messi, Fito Paez e Che Chevara, Rosário aposta na promoção
turística com seu novo garoto propaganda, Messi.

COMO CHEGAR:

Via terrestre:
De carro:
Ruta N° 34: Rafaela / Tucumán / Jujuy.
Ruta N° 11: Santa Fe / Resistencia / Formosa / Asunción del Paraguay.
Ruta N° 9: Córdoba / Santiago del Estero / Salta.
Ruta N° 33: Casilda / Bahía Blanca.
Autopista P.E. Aramburu: Rosario/Capital Federal.
Autopista Brigadier E. López: Rosario/ Santa Fe

De ônibus:
A cidade está a 4 horas de Buenos Aires e 6h30 de Córdoba. Para informações sobre empresas, tempo de viagem e preços, o mais seguro é consultar a página do rodoviária de Rosário.

Via aérea:
O Aeropuerto Internacional Rosario “Islas Malvinas” está a 15km do centro e a Gol é companhia aérea brasileira que opera na cidade, via Porto Alegre.
Confira no box abaixo, opções e preços de passagens:


Cidade de Rosário, Argentina viagens argentina
Ferroviária:
O transporte de passageiros é realizado por duas empresas:
- Trenes de Buenos Aires SA: Uma vez por semana comunica Rosário com as cidades de Santa Fé e Buenos Aires. Tel. 0800 3333822

- Ferrocentral SA: Por essa empresa se pode ir a Buenos Aires (segundas e quintas), a Córdoba (sextas-feiras) e a Tucumán (nas terças-feiras). Tel. 4361661

HOSPEDAGEM:


Visualizar Hostels em Rosário, Argentina em um mapa maior

Separamos alguns albergues (hostels) no centro da cidade. Pelo mapa, pode-se ter uma melhor ideia de onde ficar.

CLIMA:

Rosário é fria no inverno e extramente quente no verão. A melhor dica, para conhecer o atual estado do tempo em Rosaŕio, é consultar a página do serviço Metereológico Nacional argentino antes de viajar, para não levar roupas desnecessárias.

DISTÂNCIAS:

Confira o post Distâncias de Rosário, Argentina.

SAIBA MAIS:

O Projeto Latinoamérica passou por lá em 2009. Confira o que publicamos na época:

Fonte: www.rosario.gov.ar


2 Comentários
  1. Rapaz, passei uns 6 dias em Rosário na casa de uma amiga. Realmente a cidade é fantástica. O monumento a bandeira é a construção mais bonita que já conheci, com belas esculturas e uma frase que me marcou: “fazei-me digno de chamar-me filho da pátria!”.

    Ainda tem um belo parque, com o calendário das flores que vale a pena ser visto.

    O monumento as malvinas, e o rio paraná também são fantásticos.

    Com relação as mulheres, concordo plenamente. Foi o local onde eu mais vi mulheres bonitas, apesar de alguns “defeitos” decorrentes da falta de miscigenação no sangue argentino.

    E mais uma dica: Elas adoram os brasileiros, então nas baladas, fique falando português em voz alta que logo você vira celebridade e elas caem matando. Ai que saudades de rosário!!

    Por fim, cabe uma visita ao “Las puertas del infierno”. O lugar mais sinistro que conheci!

    Abraços!

  2. Ótimas dicas José Victor!!! Principalmente sobre as mulheres, hehe

    Quanto as atrações, acho que vou acrescentar no post.

    abraço!

Deixe uma Resposta.

Projeto Latinoamérica