Certa vez, ouvindo rádio na Argentina, descobri mais uma canção que tem versões em português e espanhol: Tenho, que é conhecida no Brasil na voz de Sidney Magal.

Mas de quem é a versão original? A música que ouvi era mais rock, cantada pela banda argentina Divididos. Depois, fui descobrir que a canção original é de Sandro (El Gitano), um conhecido cantor argentino e, que de certa forma, inspirou nosso ícone brasileiro que, agora, percebemos que não era tão original assim.

Estão aí, as três versões. Depois me digam a que preferem 🙂

Confira outras músicas que foram gravadas no Brasil e na Argentina, e que já falamos por aqui:




Veja também:

Lunes con música: Tihuana e Divididos http://www.youtube.com/watch?v=YLp8uJ4TdiU 'Que ves', foi um tema que tocou muito no Brasil há alguns anos, pela banda Tihuana. O que não tocou foi...
Geração beat argentina Para os que gostam de música e se interessam pela cultura latino-americana, o vídeo de hoje é perfeito. Mais uma vez, o canal Encuentro, da Argent...
7 Comentários
  1. Sem duvida sandro de américa ,argentino ,é o nosso sidney magal brasileiro,e alem desses dois a mais outros parecidos na voz e ritmo ,cacho castana,e .daniel magal.todos da argentina,

  2. O titulo da matéria esta mal, deveria ser: Sidney Magal, o Sandro brasileiro, porque não só Sandro e anterior a Sidney, também canto as musicas dele, alias, os dois grandes sucessos de Sidney são versões em português das musicas de Sandro. Ele copia o estilo de se vestir, de cantar e ate o tom da voz de Sandro, e adotou ate o apelido de “Cigano” igual que Sandro. Na verdade da pena, sinto pena do Magal.

  3. Sidney Magal es copia fiel de nuestro SANDRO DE AMERICA,tendria que presentarse como un imitador del autor ARGENTINO, NO COMO CANTANTE, si decir que es un imitador

  4. Sandro, El Gitano foi um artista único e irrepetível! Eu estou conhecendo aos poucos seu extenso legado através do youtube e acompanhando radios online de Buenos Aires. Eu acho lamentável que as gravadoras brasileiras o tenham boicotado. Ele gravou um LP totalmente em português em 1978 com versões em Disco dos seus êxitos. Estou me tornando fã incondicional.

  5. Título errado, Magal é o Sandro brasileiro, toda a vida imitou Sandro até nos gestos. O Divididos é uma banda, de tantas outras, que gravou um tema do cantor argentino num CD de Tributo a Sandro. Minha mãe é argentina, eu cresci no Brasil nos anos 70 e sempre ficamos revoltados que Magal NUNCA mostrou de quem roubava as músicas. Com a internet, a verdade veio a tona.

  6. Bem, Sidney Magal foi criado pelo Paulo Coelho,(ele mesmo), para aproveitar o grande sucesso de Sandro. Magal gravou 8 versoes de musicas de Sandro e de outros artistas. Não é crime gravar versoes. Sandro recebeu direitos e até gravou um disco em portugues em 1978. O que eu acho errado é que o Magal imitou o Sandro em qse tudo. Dizem que Sandro foi vetado de entrar artisticamente no Brasil. Não sei pq. Aqui ele é totalmente desconhecido.Mas, venerado em toda a america espanhola.Foi o primeiro latino a cantar no Madison Square Garden e o latino que mais vendeu nos USA nos anos 60. É conhecido como Elvis Latino.

  7. Hasta el título de la primer película de Sidney Magal: “Amante Latino” es un tema de 1974 del excelente músico argentino Juan Carlos Fernández “Rabito”. En varios discos toma prestado varios arreglos y temas completos de Cacho Castaña. Su productor e inventor es el argentino Roberto Livi. Como se nota que aquellos años no existia internet, no?

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.