Trekking em El Bolsón: Cajón del Azul e Retamal

Trekking em El Bolson, Argentina

Depois do trekking ao Piltriquitron, e um dia de merecido descanso, partimos para outro desafio: uma longa caminhada passando pelos refúgios de Cajón del Azul e Retamal. Um caminho que com bom ritmo e preparação física se pode fazer em 3 horas mas que fizemos em 4, já que disciplina e saúde não é nosso forte.

Por ser longo, demorado e não querermos acordar muito cedo para começar a caminhar, optamos por sair a tarde e passar a noite no último refúgio, o de Retamal. Dessa forma, deixamos as mochilas grandes no albergue e fomos com as pequenas, com um pouco de comida e alguma roupa. O ideal, que não fizemos, é levar também um saco de dormir, para o caso de já ter gente nos refúgios, que possuem poucos. No caso de querer economizar, também se pode levar uma barraca.

A trilha é muito bonita, passando, às vezes, por árvores centenárias (coihues, cipreses e alerces) e sempre próximo ao belíssimo Rio Azul, de água transparente.

Cajón-del-Azul

Quando se chega ao refúgio de Cajon del Azul. o cansaço é grande e, uma boa pedida, é parar e tomar uma cerveja artesanal, feita no próprio refúgio, comer alguma coisa e partir para os 40 minutos finais, até o refúgio de Retamal.

O que mais impressiona nesses refúgios é a maneira como vivem, longe de tudo e tentando produzir o máximo possível no local, desde o pão, a cerveja, os doces… Quem trabalha nesses refúgios passa sem ver outras pessoas, às vezes, por dias ou semanas.

Refúgio Retamal

Bem, depois de um merecido jantar a luz de velas (já que não há lâmpadas no local) no Refúgio Retamal, conversamos muito e vimos um céu estrelado que poucas vezes vi em minha vida. Dormimos como nunca, descansando para mais 4 horas de caminhada para a volta do dia seguinte.

Amanheceu com uma leve chuva e caminhamos por um longo tempo debaixo dela. Cansativo mais uma vez mas, mas como disse em outro post, ótimo para a auto-estima.

Preços (em pesos) em outubro de 2009:

Hospedagem dentro do refúgio: $ 35,00
Jantar no refúgio: $ 40,00
Café da manhã no refúgio: $ 15,00
Taxi de El Bolsón ao início da trilha: $ 15,00

Veja outros trekkings em El Bolsón.




Veja também:

Brasileiro pretende viajar mais nos próximos seis ... Divulgação/Embratur A intenção de viagem do brasileiro cresceu pelo segundo mês consecutivo, em todas as faixas de renda pesquisadas. Segundo sond...
De Bariloche a Pucón Vulcão Villarica, Pucón, Chile. Tinha algumas alternativas de viagem depois de Bariloche, como Puerto Madryn ou até mesmo o Ushuaia, mas sempre pens...
Fotos de Alta Gracia, na Argentina A histórica e turística cidade de Alta Gracia é visita quase obrigatória a quem viaja a cidade de Córdoba, na Argentina. A apenas 38 km da capital, ...
2 Comentários
  1. Grande Rodrigo!!!

    Estamos copiando seus comentarios sobre El Bolson para ver o que conhecer, mas pelas fotos já ficamos loucos por chegar aí. No momento nos encontramos atravessando a temida Ruta 40. Já to de saco cheio de tanto rípio e ainda faltam uns 140 km. Quanto aos cariocas, umas figuras!!
    Seguimos conectados.

    Um grande abraco e boa viagem

  2. O engraçado é que eles nem sabiam o que era uma rural.
    Mas El Bolsón é muito legal, não vai se arrepender. Se for para a Casa del Viajero, diz que me conhece, que os donos são muitos legais. E tem lugar para por a rural.
    abraço

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Projeto Latinoamérica

Newsletter:

Insira seu e-mail: