festa em um hostelFesta em um hostel

Algumas pessoas tem um certo receio de fazer coisas sozinhas, como ir ao cinema, por exemplo. Uma viagem então, nem pensar. Talvez por medo do tédio, ou de não conseguir se entrosar com outras pessoas, ou da falta de segurança… Viajar sozinho tem, como tudo, prós e contras. Se por um lado estamos mais inseguros ou vulneráveis, por outro, temos a completa liberdade de fazer o que quisermos.

A grande dica para quem tem medo do tédio ou da solidão, é a de se hospedar em hostels. Aí cada dia é diferente, com pessoas diferentes, e de diversos países. Alguns dias podem ser chatos, outros divertidos… mas a verdade é que se o hostel tiver um mínimo de estrutura, os hóspedes fazem o resto, ou seja, os hóspedes fazem um hostel ser bom ou ruim, desde que o mínimo de estrutura seja dado. Já passei dias chatos em hostels em que ninguém fala com ninguém, e outros dias, no mesmo local, em que me sentia numa grande família.

Há quem prefira a comodidade de um hotel mas, para quem viaja sozinho, é desaconselhável. Além de ser mais caro, a privacidade e o conforto que um hotel oferece, não substituem as relações pessoais que se faz num hostel. A chance de se hospedar em um hotel e não falar com ninguém, além do recepcionista, é grande.

Quanto a segurança, corremos riscos, de uma forma ou de outra, em qualquer lugar. Não precisamos viajar sozinhos para correr perigo, sem falar que na América do Sul é difícil encontrar lugares mais perigosos que os grandes centros no Brasil.

Para as mulheres que queiram se informar mais sobre o assunto, existem livros como Viaje sozinha, de Flávia S. Julius e Maristela do Valle, que podem ajudar. Vale a pena dar uma conferida.

viage-sozinha

O que não dá é deixar de viajar por não ter companhia. Talvez estranhe um pouco a primeira viagem, mas logo se acostuma. E, se gostar, vai ver que vicia.




RelatedPost

3 Comentários
  1. Oi, Digão!

    Tem gente que é tão, mas tão chata que não serve de companhia nem pra elas mesmas! rsrsrs
    Enfim, espero que esteja se divertindo bastante nessa sua viagem – e acho que felizmente está ! 🙂
    Bom, eu publiquei uma história nova, que sairá em 3 partes. A 1a. saiu domingo e a segunda sai amanhã à noite (quarta). A última deve sair no sábado ou domingo que vem. http://www.encrenqueiro.blogspot.com

    é isso, meu amigo. Td de bom e boa viagem!

    Claudio

  2. Valeu Cláudio, acho que até os chatos conseguem encontrar outros da mesma espécie. Chato tem por toda parte. Mas sempre estranhei pessoas que não conseguem ficar sozinhas, que não aguentam nem a si mesmo.

    Quanto a sua história, pode ter certeza que vou acompanhar ‘A hora do Cruz’. Depois comento em seu blog.

    grande abraço

  3. É Diguinho, uma das maiores proezas do mundo de hoje é conseguir ficar sozinho… mas concordo com o Claudio, tem gente que é tão insuportável que precisa dividir a sua carga com os outros, mesmo que esteja incomodando! rss é triste, mas é engraçado!
    Saudadonas, viu! Aproveite muito a sua viagem e não esquece os meus alfajores no retorno!
    Um beijão da sua amiga que sente muita falta de você!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.