De Puno a Cusco de ônibus

Raqchi, Peru
Raqchi e os restos do templo de Wiracocha

Uma vez em Puno, no Peru, é interessante notar que todos os viajantes que passam por ali, estão vindo (ou indo) de três cidades: Copacabana (na Bolívia), Arequipa ou Cusco. Das três, pelo menos duas estão no roteiro de quase todos.

Copacabana, por estar muito próxima e que permite conhecer o outro lado, e talvez até mais bonito, do lago Titicaca. Arequipa, que é caminho para quem vai ao litoral. Ideal para quem pretende visitar posteriormente as cidades de Nazca ou Lima. Já Cusco (ou Cuzco) é, sem dúvida, o principal destino do turismo Peruano, com viajantes de todo o mundo atrás da fabulosa cidade de Machu Picchu. Essa foi minha opção, já que vinha de Copacabana.

Veja também: Cidade de Puno, no Peru

TRANSPORTE:

São quase 400 km de distância entre Puno e Cusco e, quando passei por aí, haviam duas opções: ônibus regular ou turístico. Os dois oferecem diferentes vantagens. Enquanto o primeiro é mais barato e rápido, o segundo oferece mais conforto, tem guias, almoço e algumas paradas durante o caminho para conhecer outros pontos turísticos. Como eu tinha tempo e queria conhecer o sítio arqueológico de Raqchi, decidi pela segunda opção.

ROTEIRO DO ÔNIBUS TURÍSTICO:

Levando em conta que essa região do Peru é repleta de história e beleza, na viagem entre as cidades de Puno e Cusco eu poderia perder alguns pontos interessantes do caminho utilizando um ônibus comum. Pensando nisso, resolvi fazer minha viagem pela empresa Inka Express, que na ocasião fez paradas em La Raya, Sicuani, Raqchi e Andahuaylillas (atualmente, no site da empresa, eles oferecem também uma parada no museu de Pukara).

A saída de Puno é as 7h30, com previsão de chegada em Cusco as 17h.

Lembrando que a empresa também faz esse trecho na volta Cusco/Puno.

La Raya, Peru
La Raya

Veja também: Distâncias desde Puno

La Raya (10 mim):

O ponto mais alto da viagem, a 4,335 metros de altura, a parada em La Raya se justifica mais pela beleza natural do lugar, com uma linda vista da cordilheira dos Andes. Aí também existe um mercado de artesanato para os que não perdem a chance de comprar lembranças. Há quem diga que os preços são mais em conta do que em Cusco.

Raqchi (40 mim):

No complexo arqueológico de Raqchi, podemos encontrar, entre outras belas construções, as ruínas do templo de Wiracocha que, ao que tudo indica, possuía o teto mais alto dos templos Incas, com cerca de 25 metros. Esse é o ponto mais interessante da viagem.

Sicuani (45 mim):

Paramos na pequena cidade de Sicuani para almoçar.

Andahuaylillas, Peru
Andahuaylillas

Andahuaylillas (30 mim):

Já no fim da viagem, a cerca de 45 quilômetros de Cusco, conhecemos a igreja de San Pedro de Andahuaylillas, construída no inicio do século XVII, e conhecida como a Capela Sistina da América. Uma igreja com uma grande quantidade de pinturas e que foi construída sobre edificações incas.

É bom para ir se familiarizando com essa prática, já que em Cusco a construção de igrejas sobre os templos do povo conquistado (e dizimado) é bastante comum.

A entrada é paga: S/. 5,00.

Finalmente em Cusco:

A chegada em Cusco é prevista para as 17 horas, próximo a rodoviária da cidade. Aí é indicado um táxi até o centro, já que não é tão perto.

Agora é se acomodar, jantar e descansar para os próximos dias, pois não irão faltar opções de visitas.

Na internet:

Inka Express: www.inkaexpress.com.pe
Andahuaylillas: www.andahuaylillas.com

Custos:

Ônibus Puno/Cusco normal: cerca de S/. 60,00*
Ônibus Puno/Cusco turístico (Inka Express): US$ 60,00** (cerca de S/. 150,00)

* custos de abril de 2011.
** custos de julho de 2013.




Por Rodrigo Souza

Editor e idealizador do Projeto Latinoamérica. Google+

20 comentários

  1. Show Rodrigo! Próxima viagem (na formatura do curso de direito em julho de 2013) eu quero ir de Cusco a Ushuaia! Uns quarenta dias deve ser suficiente concorda?

    Abraços!

  2. Dae José Victor! 40 dias de Cusco ao Ushuaia? De ônibus? Dá para fazer sim, mas meio corrido, sem ficar muito tempo nas cidades. Já pensou no roteiro que vai fazer?

    abraço!

  3. Eu estava pensando o seguinte:

    Cusco (3 dias)
    Puno (2 dias)
    La Paz (3 dias)
    Iquique* (3 dias)
    San Pedro* (3 dias)
    Antofagasta** (1 dia)
    Santiago (4 dias – Rever os amigos do Bellavista Hostel)
    Litoral (2 dias)
    Pucón*** (3 dias)

    * Estou na dúvida em qual eu deveria ir primeiro.
    ** Esse trajeto eu pretendo fazer de avião.
    *** A partir daí eu tenho dúvidas. Quero ir as Torres del Paine, Bariloche, Ushuaia e El Calafate. Em Ushuaia pretendo ir de avião até Buenos Aires e depois até o Uruguai.

    O que vc me indicaria?

  4. Iquique e San Pedro eu não fui, não sei como seria a viagem vindo de La Paz. Uma opção conhecida é ir até Uyuni, na Bolívia e, de lá, a San Pedro.

    Depois de Pucón. acho que o ideal seria cruzar para a Argentina, até Bariloche, e depois pegar um voo para El Calafate. Ou ir de ônibus, mas é um trecho longo e demorado (http://www.projetolatinoamerica.com.br/de-onibus-de-el-bolson-para-el-calafate/).

    Chegando en El Calafate fica fácil de ir para El Chaltén (http://www.projetolatinoamerica.com.br/el-calafate-el-chalten/) e Puerto Natales (http://www.projetolatinoamerica.com.br/el-chalten-puerto-natales/). Depois terá que passar por Punta Arenas e, finalmente, chegar ao Ushuaia.

    Fiz um roteiro mais ou menos parecido com esse, dá uma olhada nos posts que informo alguns valores e as empresas que utilizei (http://www.projetolatinoamerica.com.br/viagem-onibus-america-latina-iv/).

    abraço!

  5. Show essa sua sugestão. Tipo, daqui pra lá eu terei de tempo de juntar uns pontos para trocar por milhas e poderei inserir um novo trecho de avião. Gostei da idéia de fazer o trecho Bariloche – El Calafate de avião e depois fazer Ushuaia – BsAs.

    Fiquei com dúvidas com relação as Torres del Paine, mas em El Calafate fica mais fácil resolver.

    Abraços e obrigado pela dicas!

  6. Muito bom!!! estou fechando meu roteiro para julho e você esté me ajudando muito!!!
    Parabéns e obrigado!!!

    Alessandro

  7. Rodrigo
    Agradeço por compartilhar suas dicas.
    Vou em julho/2012 e pretendo fazer Cusco – Puno (ônibus turístico) dia 09/07 e Puno – Copacabana – La Paz – Oruro (para pegar o trem p/ Uyuni) entre 10 e 13/07. Alguma dica especial para facilitar minha vida nesse trecho, aproveitar ao máximo e cumprir meus objetivos??
    Abraço
    Luiz

  8. Ola, nao conheço Peru, vou estar em Cuzco de 15 a 20/11, mas nao queria ficar o tempo todo la. Pensei em 15 a 17/11 em Cuzco e fazer um “bate e volta” de 2 dias para Puno (Titicaca). Pensei em alugar um carro mas em todos os lugares que leio o povo nao aconselha pq a estrada é perigosa e coisa e tal.
    Nao sei se vale a pena pegar uma excursão ou ir de carro mesmo, pode me ajudar?

  9. Oi Alexandre, quando fiz esse trecho, a estrada não me pareceu perigosa, mas confesso que não reparei muito nesse detalhe. Depois de ter pegado estradas horríveis na Bolívia, de Puno a Cusco foi uma maravilha.

    O lago Titicaca é legal mas, se pensar bem, 5 dias não é tanto tempo para ficar em Cusco. Além da cidade, tem o Vale Sagrado e Águas Calientes. Tudo isso, se você não optar por fazer a trilha Inca. Se eu fizesse essa viagem novamente, ficaria dois dias em Águas Calientes. É um dos lugares mais lindos que já vi.

    Um abraço!

  10. Opa. Bacana encontrar essa informação sobre as opções de ônibus. Estou programando uma viagem para o ano que vem em algumas cidades e a ida de Puno a Cuzco faz parte. Legal ter lido que tem o ônibus turístico. Assim tiro mais proveito da viagem. Já vou incluir no roteiro! Obrigado!

  11. Olá
    estou indo de cuzco para puno no dia 21 de abril a noite ou no dia 22 pela manhã qual é a empresa de ônibus que faz esse percurso.

  12. Oi Patricia, você quer dizer empresas de ônibus regular?
    Me parece que a Tour Peru (www.tourperu.com.pe/servicio.htm) faz esse trecho, mas os sites das empresas no Peru são terríveis, de forma que é difícil conseguir muita informação.

  13. Olá Rodrigo! Sairei de Cusco 17/05 e depois seguirei para Puno. Sobre as passagens de ônibus, você aconselha comprar antecipadamente ou é tranquilo comprar em Cusco no dia que chegarei (13/05)? Obrigada desde já.

  14. Oi Jayne, você pode comprar quando estiver em Cusco, uns dois dias antes. Se comprar quando chegar, melhor ainda.
    Te aconselho que compre a passagem direto na rodoviária e não em agências locais, para evitar surpresas desagradáveis.

    um abraço!

  15. Olá a todos! Eu trabalho como free lancer para The Client Viagens & Turismo e ajudo muitos viajantes. Atualmente estou montando um roteiro
    para o Peru, Bolivia e Chile. Temos parcerias com operadores locais
    que podem providenciar bilhetes e suporte. Pensem em fazer a trulha inka que vale a pena!

    Caso precisem de suporte e consultoria sintam-se à vontade em entrar contato.

    Abraços

  16. Fala Rodrigo tudo bem estou indo com minha mulher para Lima em 19/03/2015 e voltando em 30/03/2015, ja marquei hotel em Miraflores de 16 a 19/03. Minha duvida e o que fazer de 19 a 30, pois ir a Machu Picchu e obrigatorio o resto vi suas sugestoe e gostaria de programar os passeios, como viagem para Cusco e volta a Lima , se puder me ajudar seria otimo. Os precos de passagem aerea de Lima p/ Cusco achei muito caro o que suger . Grato Romulo.

  17. Olá Paulo, Cusco é uma cidade alta e sempre faz um pouco de frio. É bom ir preparado, ainda mais que se sobe ao Machu Picchu por volta das 6 da manhã. Lembrando que uma capa de chuva também pode ser bastante útil, já que março é o ultimo mês da estação de chuvas.

    Um abraço!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.