Passeios de barco no Ushuaia: conhecendo o Canal Beagle

Passeio de barco no canal Beagle, Ushuaia

Passeio de barco no canal Beagle, Ushuaia

Não há dúvida que o Ushuaia, conhecida com a cidade mais austral do planeta, não desperte a curiosidade e o desejo de visitá-la. Pois é aí, na extremo da Argentina, na Terra do Fogo, que milhares de turistas vem parar todos os anos. O Projeto Latinoamérica não podia ficar de fora dessa e começou por um dos mais lindos passeios da região: navegar pelo Canal Beagle, tendo a chance de conhecer pinguins, lobos marinhos, faróis, além de uma paisagem deslumbrante.

Existem muitas empresas que fazem essa excursão, oferecendo rotas distintas. O viajante pode comprá-las direto nos quiosques das empresas, em frente ao porto, ou em uma agência de turismo na cidade. Como tudo é muito perto e, nos quiosques, percebemos que, na ocasião, os preços não foram tão fixos, dando algum desconto para quem pedia por melhores preços.

Escolhemos o passeio que levava a Isla de los Lobos, Isla de los Pájaros, Faro les Eclaireurs e Pinguinera. A empresa escolhida foi a Tolkeyen Patagonia.

A navegação se faz em grandes catamarãs, que são barcos confortáveis, com lanchonete dentro e com preços não muito atraentes. Então, quem quiser economizar, pode levar um lanchinho. A cada atração, o barco para o tempo suficiente para que todos possam observar e sacar as fotos que desejam. Sempre de dentro do barco.

Isla de los Lobos, Canal Beagle.

O interessante desse passeio, é que ele vai ficando melhor a cada parada. Se a ilha dos pássaros não impressiona tanto, a dos lobos surpreende. O tamanho dos animais e o som que produzem é incrível.

Mais tarde, passamos pelo Faro les Eclaireurs, que eu podia jurar que era o farol do fim do mundo. Mas não, esse é outro, bem mais longe. O Faro les Eclaireurs decepciona pelo tamanho. É muito menor do que eu pensava, mas está em uma pequena ilha que, pelo conjunto (de cores e paisagem), o torna lindo.

Faro de Les Eclaireurs.

Também se pode avistar, um pouco de longe, é verdade, a cidade chilena de Puerto Willians, que é a cidade mais austral do mundo pelos Chilenos. Ela realmente é mais ao sul do que o Ushuaia e é bem pequena. Mais isso é mais uma guerra comercial entre argentinos e chilenos, para ver quem atrai mais turistas e, até o momento, a vitória é Argentina.

Pinguinera, Canal Beagle

Por último, paramos um bom tempo em frente a ilha dos pinguins para ver a famosa pinguinera. A grande diferença de ver uma pinguinera no Ushuaia e a pinguinera de Punta Arenas, no Chile, é que aqui o ponto de vista é do mar e, em Punta Arenas, da terra. Ou seja, os ninhos não estão tão próximos mas os pinguins sim. Quase todos são da espécie de pinguins de Magalhães.

Depois de tudo isso, resta voltar a cidade, em uma viagem sem paradas, de quase duas horas. Todos voltam cansados e com um sorriso no rosto.

Vale a pena!

Outros passeios:
Ilha dos lobos, dos pássaros e farol les Eclaireurs (2h30 a 3h30): de $ 120 a $ 135.
Ilha dos lobos, dos pássaros, farol les Eclaireurs e ilhas Bridges (3 a 4h): de $ 135 a $ 165.
Ilha dos lobos, dos pássaros e ilha H (4h): $160 a $ 200.
Pinguinera (4h30 a 6h): $200 a $ 247.
Fazenda Harberton (8 a 9h): $ 240 a $ 270.




Por Rodrigo Souza

Editor e idealizador do Projeto Latinoamérica. Google+

24 comentários

  1. Oi Franci. Não chegamos a sair do barco, temos que ver a distância.
    É um lobo marinho, não sei bem a diferença entre esses bichos 🙂

    O que dá vontade de levar pra casa são os pinguins.

    beijo

  2. Belíssima viagem Rodrigo. Estou com dúvidas em qual passeio escolher quando chegar em Ushuaia. Vi que tem um passeio exclusivo da pinquineira, que voce vai por terra e anda entre eles, apenas sem toca-los e pretendo faze-lo. Já no canal Beagle não sei bem, pois são muitas opções e dificilmente da pra achar informações das ilhas em específico. Acredito que a Ilha dos Lobos e dos pássaros é padrão, e quase todos também tem o Farol ler Eclaireurs. Minha dúvida é se devo fazer a ilha H ou ilhas Bridges, ou ainda se nenhum dos 2. Voce sabe se vale a pena (é com uma caminhada)?

  3. Oi Rodrigo, eu fui em uma pinguinera em Punta Arenas, no Chile, que era por terra (http://www.projetolatinoamerica.com.br/punta-arenas-e-a-pinguinera/). É uma área protegida e não dá para andar entre eles, embora chegue perto. No Ushuaia não conheço.

    Também não conheci ninguém que tenha feito essa caminhada na ilha, mas deve ser bacana, Aliás, tudo por por lá é muito bonito. No meu caso eu só poderia fazer um passeio de barco e queria muito conhecer o farol e a pinguinera, não dando para encaixar as ilhas Bridges e H.

    Realmente, não existem muitas informações sobre elas. Se soubesse antes teria feito o passeio para escrever aqui 🙂

    abraço!

  4. Olá, Boa Tarde!!

    Adorei o seu relato!! Muito bom!!!
    Vou estar em Ushuaia em Janeiro e estou pesquisando sobre os passeios e estou na dúvida.
    Qual a empresa que vc fez este passeio? pois as que encontrei não tem este passeio do Canal de Beagle passando pela pinguinera.

    Abraços,
    Rovena

  5. Olá. Estou planejando ir para Ushuaia em maio/11. Esses passeios dão para fazer com crianças?
    Maio é um mês bom para ir?
    esses valores dos passeios que vc postou são em reais ou pesos argentinos?

  6. Fui agora em janeiro e agradeço as dicas que consegui por aqui.

    Olha Susan, acredito que já vai estar bem frio por lá heim, esteja preparada. Acredito que os passeios pelo canal beagle continuem nessa época, mas não sei se voce encontrará os leoes marinhos (desconheço mesmo, não to dizendo que não vão estar não, heim).

    Agora, os pinguins, me parece que só estão lá ate março. Pra quem vai até março, deixo uma grande dica pra galera aqui. Achei o passeio que desce na ilha dos pinguins em vez de ficar no barco, e putz, é 20x melhor, não deixem de descer na ilha não. Vão atraz da piratour, tem o site.

    O passeio pelo canal beagle acho que não tem muita diferença entre as empresas não, da pra escolher no dia mesmo, voce propria vendo os barcos.

    No inverno aconselho passeios de rusks(e/ou passeios com raquetes e snow mobile, cerro castor e 4×4 (vao com a andessur4x4 que o guia, sebastian, é muito gente boa e eles tem uma cabana isolada na mata pra almoçar que não tem preço que pague – as outras tem mtos carros e come muita gente junto, nem parece que vc ta num lugar isolado).

    abs!

  7. Oi Laer, você vai no inverno e vai pegar bastante frio e um dia curto, com poucas horas de sol.
    Eu recomendo levar luvas, boas meias, gorro, segunda pele (blusa e calça) e uma BOA jaqueta.
    Te aconselho a ir a uma loja de esportes de aventura, experimentar e fazer um levantamento de preços. Normalmente são peças um pouco caras, mas vale a pena.

    Um abraço!

  8. Etive em Calafate, Ushuaia, Trelew em janeiro de 2009.Em Ushuaia não deixem de fazer o passeio pelo Canal, de ir até o Cerro denominado Cumbres del Martial vc vai de taxi depois sobe de teleférico e uma caminhada (não longa) a pé vc chega aos pés da Cordilheira (fantástico), o passeio de trem e o passeio no Parque. Durante a navegação vc começa a encontrar os blocos de gelo (azuis) que se desprenderam das geleiras é emocionante. A visão do Glacial Perito Moreno é estupenda e quando passar por Calafate vc terá a visão do Perito Moreno de outro ângulo podendo ser visto das passarelas ou se a saúde permitir (esse eu não fui) uma caminhada acompanhada de guia na própria geleira. Como comida o cordeiro patagônico assado, em Calafate as massas. A pingueneria visitei a de Punta Tombo, onde vc caminha entre os pinguins e seus ninhos. \Qundo puder irei novamente, mas no inverno que deve ser mais facinante!!

  9. rodrigo, estarei indo para ushuaia no domingo dia 15/08/2011, como faço para conseguir contato com o sebastian (guia)?? aguardo retorno, e, adorei as dicas. monica

  10. Opa, foi mau, talvez nao tenha respondido a tempo…..

    Olha, o Sebastian é o guia apenas do passeio de 4×4, que praticamente dura o dia inteiro. A empresa dele é a andessur 4×4. O site é . Não tenho certeza mas acho que foi 350 pesos por pessoa (passeio de dia todo + almoço na cabana, no meio da floresta!, perto do lago fagnano – dê uma caminha nela, perece cenario de filme).

    Não sei se os pinguins estão lá essa época, acho que só a partir de outubro, mas, fica ai o site do passeio dos pinguins (o que vai de carro e desce na ilha) -> http://www.piratour.com.ar/ – Não deixem pra reservar perto da viagem. Pra ter uma ideia, quando cheguei no quiosque deles, estava vazio e fiquei preoculpado, depois, perto da hora da saida, quando chegou o guia, perguntei o porque, e o cara disse que era pq ja estava tudo vendido e não tinha porque nem abrir o quiosque.

    Boa viagem!

  11. Rodrigo estarei indo a USHUAIA no dia 09 de maio proximo queria ir no passeio do Canal Eagle so fiquei em duvida quanto a questao de preço nao irei com muito dinheiro (salario de professor e aposentado)….rs..se pudesse me ajudar em alguma coisa te agradeceria me enviar por e-mail….

  12. Oi Rodrigo, gostei das informações bastante úteis. Estou ainda planejando ir a Ushuaia em breve, de preferência no verão do Hemisfério Sul. Gostaria muito de ir no “Farol do Fim do Mundo”, que fica a uns 286Km em linha reta… Você tem noção de empresas e passeios até lá.

    De antemão, o meu muito obrigado e parabéns pelos relatos úteis!!!

    Marcos Oliveira.

  13. Obrigado Rodrigo, quando for a Ushuaia, quero ir lá, conhecer… Sua ajuda foi de grande valia!!!

  14. Oi pretendo ir em novembro, quais as dicas com relacao a vestuario. E passeios, pretendo fazer fotos ….

  15. Estou saindo na sexta a tarde da amazonia e chegando sabado a noite em ushaia, agradeço as informações que me deram um norte no sentido de que empresa escolher pro passeio de barco.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.