Jorge Luis Borges, o mesmo e o outro

No livro Borges: o mesmo e o outro, lançado em 2001, o poeta e jornalista Álvaro Alves de Faria narra sua visita ao grande escritor argentino Jorge Luis Borges, em 1976. Um dos únicos brasileiros a entrevistar o escritor, Álvaro, com frases curtas e precisas, descreve como foi esse encontro. Em seu apartamento escuro de… Continuar lendo Jorge Luis Borges, o mesmo e o outro

Llorar a lágrima viva, de Oliverio Girondo

Começamos a semana com um belo poema do argentino Oliverio Girondo (1891-1967), produzido pelo canal Encuentro da Argentina: Llorar a lágrima viva. Um poema tão fascinante que, na ânsia de ir além e saber um pouco mais, acabamos chegando ao filme ‘O Lado Escuro do Coração’ (El Lado Oscuro del Corazón, 1992), e de seu… Continuar lendo Llorar a lágrima viva, de Oliverio Girondo

Posso escrever os versos mais tristes esta noite

“Posso escrever os versos mais tristes esta noite…” A famosa frase inicia o poema número vinte do poeta chileno Pablo Neruda (retirado do livro Veinte Poemas de Amor y una Canción Desesperada). [pullquote style=”right” quote=”dark”]Veja também: Llorar a lágrima viva, de Oliverio Girondo[/pullquote] O vídeo, produzido pela TV Encuentro, da Argentina, faz parte de uma série… Continuar lendo Posso escrever os versos mais tristes esta noite